Os melhores Access Points para WI-FI corporativo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os Access Points (APs) são dispositivos que distribuem sinal de Wi-Fi estável e de boa qualidade, a partir de sinal de rede recebido, via cabo ou sem fio, possibilitando mais pontos de acesso à rede, sem usar cabos.

APs também podem funcionar como repetidores, ampliando a faixa de alcance da rede, sendo importante conferir se o produto a ser adquirido oferece esta função.

Em grandes áreas construídas, como galpões, aeroportos, shopping centers e prédios corporativos, com grande quantidade de usuários da conexão, os APs viabilizam a transmissão de sinais.

Os aspectos técnicos a seguir auxiliam na escolha do melhor produto, com custo/benefício de acordo com os requisitos.

Características essenciais

Para escolher os melhores modelos de APs para Wi-Fi corporativo, é essencial considerar, antes de qualquer outro fator, o espaço ocupado, a velocidade da internet disponível e o número de pessoas que acessam a rede.

Dual Band

APs dual band podem operar com duas frequências (2,4 GHz e 5 GHz) no mesmo instante, com melhora na qualidade da rede Wi-Fi e diminuição de interferências e a lentidão.

Na frequência de 2,4 GHz pode haver transmissão mais lenta e até congestionamento, diminuindo a qualidade da rede, pois é a faixa que os aparelhos de telefone sem fio e controles remotos utilizam.

A frequência de 5 GHz privilegia a velocidade, mas tem alcance menor, não sendo recomendada quando se deseja conectar equipamentos que estejam mais afastados dos APs.

Número de antenas

APs com maior quantidade de antenas proporcionam maior ganho na distribuição do sinal, tanto para receber quanto para transmitir.

Como a antena é omnidirecional (isotrópica), a capacidade de dispersão em todas as direções, aliada a uma quantidade maior, traz benefícios na abrangência do sinal.

Esta característica de transmissão é importante, pois a maioria dos APs é instalada nas paredes e em tetos e, mesmo com antenas internas, a operação não é afetada.

Alimentação

Os modelos disponíveis de APs apresentam duas opções de alimentação:

  • Tomada – alimentação normal, conectada diretamente à tomada.
  • PoE (Power over Ethernet) – tecnologia que possibilita a transmissão de energia elétrica por intermédio do cabo de rede, sendo recomendada para locais de instalação com pouca disponibilidade de energia elétrica.

A conexão com equipamentos com ou sem PoE pode ser feita por meio de adaptadores próprios.

Local de instalação

Estão disponíveis comercialmente alguns modelos de APs para instalações internas e externas.

Em áreas externas é recomendado o uso de modelos mais robustos e apropriados, que são mais resistentes às chuvas, à poeira e à temperatura, embora isso tenha como consequência um custo maior de aquisição e a possibilidade de afetar a estética do local.

Especificações adicionais

Alguns fabricantes oferecem modelos com as seguintes ferramentas:

  • Software de gerenciamento – pode controlar os equipamentos da conexão, no que se refere à configuração e segurança. Este controle também pode ser feito de forma remota via nuvem.
  • Wi-Fi marketing – permite impulsionar conteúdo da empresa para o aparelho celular do usuário de sua rede, além de aumentar a quantidade de anúncios e ofertas.

NEWSLETTER APEXO EDU

Cadastre-se agora e recebe as últimas novidades sobre o mercado de tecnologia e Infraestrutura 

Descubra como as principais marcas já estão aplicando o 5G nas indústrias.

Nós usamos cookies para garantar a melhor experiência em nosso site