Os desafios de implantar a nuvem em ambientes industriais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O serviço de Cloud Computing (Computação em Nuvem) vem crescendo cada vez mais em diversos segmentos, com destaque para o segmento industrial, pelas vantagens de redução de custos, atualização tecnológica e flexibilidade de infraestrutura.

Ao sinalizar com a possibilidade de aumento da produtividade, os serviços de nuvem têm atraído muitos clientes, que enxergaram uma maneira de seguir de perto a inovação tecnológica, valorizando seus aplicativos e sistemas que abrangem os aspectos de gestão e segurança.

Mesmo com vantagens como armazenamento e backup, utilização de softwares de mercado somente quando e na quantidade necessária (sob demanda), dentre outras, há muitos desafios que a computação em nuvem precisa vencer, na consolidação de seu espaço no ambiente industrial.

Segurança/Compliance

Um dos grandes desafios, senão o maior desafio que os serviços de nuvem enfrentam no segmento da indústria. Ter a garantia de um cenário seguro que proteja a privacidade das informações, conte com criptografia e ofereça aderência aos preceitos legais e de contrato é fundamental.

Recuperação de desastres e alta disponibilidade

Estes aspectos são extremamente importantes para a indústria, pois a rápida retomada do acesso às informações na eventual ocorrência de desastres é essencial para que não ocorram paralisações indesejadas e que se estendam por muito tempo.

Armazenamento/backup

Uma rápida tomada de decisão em procedimentos de recuperação de dados, independendo do agente causador, faz com que o mercado industrial exija um comprometimento total de seu provedor de serviços de nuvem, em um nível de exigência ainda maior do que o aplicado em ambientes de tecnologia convencional.

Falta de experiência

Mesmo com a decisão migrar para um ambiente de nuvem, a falta de experiência das indústrias em conviver de modo harmônico com este tipo de infraestrutura pode gerar atrasos na implantação do processo, com consequente aumento dos custos previstos, dificuldade em não ver a nuvem como uma perda sobre o controle de seus dados e operações, dentre outros fatores que se apresentem particulares a cada situação.

Ausência de planejamento estratégico

Muitas vezes, o processo de migração para o serviço de nuvem carece de uma estratégia que seja coerente, bem definida e que represente a real necessidade de uso do ambiente.

Esta ocorrência não se resume à falta de experiência, com já comentado, mas sim a falta de uma postura profissional que seja compatível com a gestão de uma mudança.

Previsão financeira inadequada

Alguns gestores de tecnologia, a despeito da grande competência técnica para exercer plenamente suas funções pecam pela ideia de que apenas um plano de investimento que inclua grandes valores seja o indicado para migrar sua infraestrutura.

Indústrias com parque de Tecnologia da Informação de grande porte podem aderir ao conceito de que uma grande soma de capital é necessária para que o serviço de nuvem faça parte de seu negócio.

Mesmo que inicialmente este temor possa ser compreendido, o fato é que a migração pode ocorrer por etapas, conforme prioridades estabelecidas. Estes são os principais desafios que precisam ser vencidos para que o serviço de nuvem possa levar seus benefícios para a indústria.

NEWSLETTER APEXO EDU

Cadastre-se agora e recebe as últimas novidades sobre o mercado de tecnologia e Infraestrutura 

Descubra como as principais marcas já estão aplicando o 5G nas indústrias.

Nós usamos cookies para garantar a melhor experiência em nosso site