O impacto do edge computing no TI das empresas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Este impacto é marcante, sem dúvida, além de transformador, pois o edge computing já deixou de ser apenas uma tendência para se tornar uma realidade.

Gestores de TI que não tiverem esta visão podem comprometer o próprio negócio, pois o acesso aos dados precisa ser cada vez mais rápido.

Dentre todos os benefícios, a diminuição do tempo de latência (tempo necessário para coletar e processar um dado numa rede) e a redução de custos são fatores de grande impacto na área de TI de uma empresa.

Cada ramo de atividade tem suas razões para migrar para esta tecnologia.  Alguns deles são tratados a seguir.

Indústria

Numa era de grande avanço digital, o conceito de indústria 4.0, que tem todo o seu processo com execução e monitoramento realizado por equipamentos com IoT (Internet das Coisas), é de extrema relevância a opção pelo edge computing.

Comércio

Aplicação no processamento de controle de estoque que utiliza o sistema de aquisição de dados (DAS – Data Acquision System, em inglês) para fazer a identificação dos produtos com tags (etiquetas de identificação eletrônica) usando equipamentos móveis de coleta de dados.

Sistemas de prevenção de perdas, com sensores que fazem a leitura de tags também podem ter suas rotinas direcionadas para edge computing.

Saúde

Para acompanhar o processamento de equipamentos com IoT para monitorar medidas de temperatura, frequência de batimento cardíaco, qualidade da respiração e informações de padrão do sono, por exemplo, em hospitais e clínicas especializadas.

Veículos

O acompanhamento de dados obtidos de equipamentos inteligentes instalados em automóveis e caminhões, como as informações de GPS, sensores de proximidade e condições de tráfego, por exemplo, podem ter processamento local para oferecer condições mais seguras de navegação.

Comunicação móvel

Sistemas de maior complexidade, como os edge serves (podem ser chamados de servidores de borda), podem oferecer armazenamento de aplicativos e de informações de assinantes da região para as estações de base celular de nova geração (5G).

Esta aplicação tem impacto direto na diminuição de tráfego na rede de backbone, evitando congestionamento causado por tráfego de grande intensidade.

Gerenciamento de edifícios

O controle de acesso a edifícios, bem como as informações sobre elevadores, central de ar condicionado, caldeiras, água, luz e comunicações (dados, fone e internet) envolvem uma geração contínua de inputs, que precisam ser classificados, analisados e devidamente tratados. Esta é exatamente a finalidade do edge computing.

Mas não é apenas do ponto de vista de benefícios que a tecnologia precisa ser analisada.

Segurança

Uma das características mais comuns a toda evolução tecnológica que ocorre com rapidez é a exposição a riscos à segurança.

Apesar da condição segura ofertada pelo serviço de nuvem, a extensão de processamento de uma empresa, dentro do conceito de edge computing, tem como consequência um espaço potencial para ataques cibernéticos. Isso não significa que a nuvem não possa ser utilizada, mas a escolha do fornecedor a ser contratado deve ser extremamente criteriosa, para que o maior impacto na área de TI não seja o de ser vítima de invasão de seus sistemas.

NEWSLETTER APEXO EDU

Cadastre-se agora e recebe as últimas novidades sobre o mercado de tecnologia e Infraestrutura 

Descubra como as principais marcas já estão aplicando o 5G nas indústrias.

Nós usamos cookies para garantar a melhor experiência em nosso site