Quando usar o cabo irradiante na sua estrutura

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A decisão pelo uso de cabos irradiantes requer, primeiramente, uma análise da necessidade de transmissão de um sinal, de WI-FI, de celular ou de RFID (Radio Frequency Identification). Veja os tipos de estrutura que podem se beneficiar da instalação de cabos irradiantes.

Grandes construções

Em grandes áreas construídas, como galpões, aeroportos, shopping centers, prédios corporativos, o uso de cabos irradiantes possibilita a transmissão de sinais de celular e WI-FI, por exemplo, evitando ou diminuindo o uso de repetidores ou Access Points (APs – Pontos de Acesso, em inglês).

Com pequeno número de equipamentos, os custos de instalação e manutenção são menores, proporcionando menor impacto visual no ambiente. Um fator adicional é o tempo menor de reconfiguração de APs, situação que pode ocorrer após uma excessiva oscilação de energia.

Ambientes complexos

Em veículos extensos, como navios, plataformas marítimas e trens, o uso destes cabos é também recomendado, pois além da facilidade de instalação viabiliza a entrega do sinal para os usuários, sem sobrecarregar a infraestrutura do local.

Em espaços subterrâneos, como túneis e estações de metrô, a transmissão de sinal é facilitada pelo uso mínimo de APs, evitando interferências ou saturações.

Armazéns e CDs

Locais como galpões ou armazéns, destinados ao controle de estoque, também podem usar a tecnologia irradiante, que permite melhor propagação do sinal de RFID, necessário para o sistema de aquisição de dados (DAS – Data Acquision System, em inglês) fazer a leitura da identificação de produtos com tags (etiquetas de identificação eletrônica), por intermédio de equipamentos móveis de coleta de dados. Centros atacadistas ou varejistas do ramo de supermercados têm utilizado este sistema, para verificação de estoque em tempo real.

O sinal de RFID também é utilizado na prevenção de perdas (roubo de mercadorias com tag) em estabelecimentos comerciais de diversos segmentos. Nesta aplicação, sensores posicionados nas portas de entrada/saída podem detectar a presença de mercadorias com tags, o que normalmente significa que o produto não foi comprado, mas pode ter sido roubado.

Restaurantes e hospedagens

Restaurantes, hotéis e pousadas podem usar os cabos irradiantes para contornar os obstáculos representados por paredes que dividem suas áreas de ocupação, de acordo com seu ramo de negócio. Alguns dos locais utilizados por um grande número destes locais é resultado da adaptação do espaço ocupado anteriormente por grandes residências ou que pode ter sido estendido pela construção de espaços adicionais. Este procedimento pode criar zonas com sinal fraco ou inexistente, razão pela qual o uso de cabos irradiantes é recomendado, evitando o uso demasiado de repetidores ou APs.

A possibilidade de colocação dos cabos irradiantes em fundos falsos, forros e drywall, evitando um ambiente visualmente afetado, é uma de suas vantagens, sempre considerando as finalidades previstas no projeto arquitetônico do local.

Detalhes técnicos

Aproximadamente 50 metros de cabo são necessários para atender a uma área de 1.000 m2, embora as condições físicas do ambiente tenham grande influência no resultado final.

Finalmente, importante considerar a viabilidade pela distribuição de até três tipos de sinais diferentes em um mesmo cabo irradiante, operando em frequências de 70 MHz a 6 GHz, de acordo com os requisitos técnicos especificados no projeto do sistema a ser instalado.

NEWSLETTER APEXO EDU

Cadastre-se agora e recebe as últimas novidades sobre o mercado de tecnologia e Infraestrutura 

Descubra como as principais marcas já estão aplicando o 5G nas indústrias.

Nós usamos cookies para garantar a melhor experiência em nosso site