O que é Infrastructure as code?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A infraestrutura de TI evoluiu muito nos últimos anos e há muito ainda para acontecer em termos de avanço tecnológico.

Um dos grandes desafios é trabalhar com hardware, especialmente quando se trata de manutenção corretiva em servidores, por exemplo.

Independente do nível de treinamento do profissional de TI que estiver encarregado de resolver o problema, a complexidade dos sistemas envolvidos, também considerando o software instalado, pode fazer com que a atividade precise de mais tempo do que o necessário e também pode acontecer uma falha decorrente da manutenção realizada.

Mesmo sendo uma hipótese, é uma situação que precisa, preventivamente, ser considerada, ainda mais que um servidor tem sistemas instalados, o que pode inviabilizar uma troca por outro.

Deste modo, é preciso pensar e encontrar uma boa saída para situações assim.

Infraestructure as code (IaC) pode ser uma solução

A IaC funciona como um modo de gerenciar e provisionar a infraestrutura por intermédio de códigos ou scripts, no lugar de procedimentos executados manualmente.

Assim, a infraestrutura física não é encarada diretamente, mas sim com uma interface do software, que trabalha com o hardware.

Do mesmo modo que acontece com um celular, que é um hardware, uma interface de software é utilizada para realizar chamadas, enviar mensagens, fotografar etc.

A IaC permite a criação de scripts que podem configurar a infraestrutura, de acordo com a sua especificação, fazendo que fique mais fácil editar e distribuir as atividades de configuração, além de garantir que o ambiente seja provisionado igualmente sempre que for necessário. Por isso, o controle de versão é fundamental.

Propostas

A IaC se propõe a:

  • Preparar um arquivo com as configurações e parâmetros referente ao hardware de um sistema.
  • Gerenciar e monitorar um sistema, permitindo alterações, quando necessário.
  • Retornar a versões de configuração anteriores, se houve o controle de versões.

Funcionamento e utilidade

A implementação do IaC pode ser feita de duas maneiras:

  • Abordagem declarativa – foco no estado final da infraestrutura conforme planejado. O processo fica a cargo do sistema.
  • Abordagem imperativa – foco no processo ou nas fases necessárias para atingir o estado final.

Independente da abordagem, os scripts são preparados, enviados ou recuperados para/de um sistema de controle de versão.

O método Push empurra ou envia o estado desejado para um sistema, enquanto o método Pull recupera a configuração existente.

O script reduz o erro humano, tendo como consequência custos significativamente mais baixos e sistemas mais rápidos e eficientes.

IaC não se limita apenas a dispositivos de monitoramento, tornando possível processar, armazenar em cache, fazer backup, fornecer segurança etc.

Também trabalha com a criação de ambiente para programas, o que facilita o desenvolvimento, teste e implantação de aplicativos.

A  IaC auxilia na sintonia das equipes que desenvolvem e operam o sistema, pois as duas podem utilizar uma só configuração para implementar as aplicações. O futuro da infraestrutura de TI é a Infraestructure as code, que vai ajudar muito na diminuição do nível de complexidade dos sistemas físicos, convertendo-os em sistemas de software gerenciáveis.

NEWSLETTER APEXO EDU

Cadastre-se agora e recebe as últimas novidades sobre o mercado de tecnologia e Infraestrutura 

Descubra como as principais marcas já estão aplicando o 5G nas indústrias.

Nós usamos cookies para garantar a melhor experiência em nosso site